Blog

shutterstock_193027043

PSICOTERAPIA DE CASAL

A PSICOTERAPIA DE CASAL

Há momentos de crise na vida do casal que não significam necessariamente o fim do amor e da admiração. A falta de tempo e as pressões do trabalho podem afetar o relacionamento. Casais muito ocupados podem acabar negligenciando a relação, se distanciando ou priorizando outras partes de sua vida, levando à mágoas. Outras vezes, sentem-se cansados e esgotados quando chegam em casa e acabam não respondendo às necessidades de seus parceiros. Ao mesmo tempo, os vínculos familiares não têm a mesma configuração de décadas atrás, tornando a educação dos filhos e a união familiar algo complicado, pleno de questionamentos, com variáveis difíceis de lidar.

São apenas sinais de que algo precisa ser feito para que o relacionamento continue dando certo. Afinal, as relações amorosas e os vínculos conjugais estão cada vez mais complexos. Se antigamente, os casamentos eram duradouros, atualmente não há razões (nem morais, nem religiosas) que impeçam um casal de se separar. A promessa de: “Até que a morte nos separe” não tem sido suficiente para manter um relacionamento! E decidir manter uma união conjugal insatisfatória ou separar-se, não é tarefa simples.

O sofrimento nos dois casos é um fardo e, muitas vezes, o casal ou um dos dois necessita de ajuda profissional para lidar com a situação. Alguns casais sentem dificuldade em dizer se o momento é, de fato, crítico o bastante a ponto de precisarem de acompanhamento psicológico. Outros sentem a situação como insustentável, mas não sabem como a psicoterapia pode ajudar…

O que é Terapia de Casal e como funciona?shutterstock_184897325

A Terapia de Casal consiste em uma modalidade clínica de atendimento, focada na interação e nas dificuldades em que o casal está vivendo. Ela é trabalhada com ambos os parceiros e tem como objetivo promover melhor qualidade na forma de se relacionarem, e consequentemente, na dinâmica conjugal do casal. Busca contribuir com a resolução e identificação dos conflitos e abre espaço para uma comunicação mais reflexiva e assertiva, compreendendo a expectativa de cada um e o que fazer para alinhá-las.

O psicólogo atua como intermediador entre o casal, ampliando o diálogo e a visão de mundo de ambos, que muitas vezes, por encontrarem-se sob efeito de fortes emoções, perdem o controle e não conseguem tomar uma decisão e modificar antigos padrões que não trazem mais benefícios para a relação. O Terapeuta proporciona um ambiente livre de julgamentos, visando o bem-estar emocional, e a melhora da comunicação, promovendo a saúde do casal e a de cada membro.

A psicoterapia de casal pode ser procurada por namorados, noivos, casados, independente de sua orientação sexual, que tenham dificuldades de interação.

Existem também situações onde o psicólogo de casal é procurado com o intuito de aprimorar o bem-estar na vida conjugal. Esta modalidade terapêutica permite que cada um se perceba como membro participante de uma relação, ou seja, o processo possibilita que reconheçam o próprio potencial em contribuir para uma relação saudável.

Quando o parceiro não quer participar da terapia de casal

É comum que uma pessoa dentro do relacionamento queira fazer Terapia de Casal e a outra não.  Às vezes, o parceiro(a) está desconfortável de discutir assuntos íntimos com um estranho (no caso, o psicólogo); ou acha que a outra pessoa é responsável pelos problemas da relação; ou até mesmo, o(a) parceiro(a) não acredita que a terapia possa ajudar.

O que pode ser feito neste caso? A menos que o parceiro diga que não quer fazer terapia porque deseja terminar o relacionamento, é indicado que um dos dois faça a terapia individual. Pois, se ocorrer uma modificação de comportamento em um dos parceiros, a dinâmica do relacionamento mudará e o outro reage de algum modo.

Portanto, mesmo que você queira fazer terapia e seu parceiro não, fazer terapia individual ainda pode mudar a situação de seu relacionamento. Quando alguém vai à terapia por iniciativa própria, estará mais receptível a ouvir de forma objetiva os pontos de vista a respeito de seu relacionamento. Pode também ganhar uma nova forma de enxergar o que realmente está acontecendo. Poderá compreender de maneira mais clara a forma pelo qual os dois – cada um com sua particularidade – está contribuindo para a situação do relacionamento como um todo.

Se seu parceiro, ou sua parceira, é muito resistente e não aceita a terapia como forma de reformular o relacionamento, o fato de somente uma das partes do casal procurar um profissional é capaz de surtir efeitos extremamente positivos.

A importância do profissional durante a terapia

O terapeuta de casal atua como intermediador das questões que permeiam a relação conjugal, justamente pela dificuldade de comunicação que os parceiros apresentam. O papel dele é de fundamental importância, uma vez que nenhum dos dois se sentirá ameaçado ou julgado em suas ações ou intenções.

É muito importante o auxílio de um profissional para evitar que as questões cotidianas, o acúmulo de mágoas, a falta de diálogo e o excesso de rotina levem a um desgaste irreversível do relacionamento.

Os motivos mais comuns que levam o casal a procurar ajuda

Entre os mais variados motivos que levam o casal a procurar ajuda de um profissional, estão:

* Envolvimento negativo da família de origem;
* Conflitos no gerenciamento do dinheiro;
* Condutas diferentes na educação dos filhos;
* Traição;
* Dificuldades na rotina;
* Problemas na relação sexual;
* Não aceitação dos filhos do casamento anterior;

Terapia de casal renova ou põe fim em um relacionamento?

O desfecho da terapia de casal vai depender muito da resposta peculiar e particular de cada relação. Em muitos casos, ambos se colocam como disponíveis para investir na relação, ou então vão aprendendo que se dedicar pode ser muito recompensador, até pelo desenvolvimento pessoal de cada um.

Porém, em outros casos o esforço é tão grande e desgastante, que muitos preferem ou entendem como saudável romper a relação. A terapia de casal também cuida disso, até para tornar esse processo menos doloroso possível.

Algumas metas a serem atingidas na terapia:

* identificar objetivos comuns;
* melhorar a comunicação;
* entender as diferencas individuais dentro da relação e as necessidades do outro;
* aprender a compartilhar responsabilidades dentro do relacionamento;
* acabar com a competição;
* superar a infidelidade ou traição;
* melhorar a vida sexual

O terapeuta de casal ajuda a identificar os comportamentos que podem estar inadequados ao comunicar ao cônjuge suas intenções, seus propósitos e objetivos, ajudando a promover a qualidade geral do relacionamento e a satisfação conjugal.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

baby-22194_640

O CASAMENTO & A CHEGADA DOS BEBÊS!

Todas nós sabemos que a vida conjugal muda após a chegada dos filhos, aliás, muda tudo! Por mais que os filhos tenham …

depressao-pos-parto

DEPRESSÃO PÓS-PARTO

A gravidez foi desejada, o parto correu dentro da normalidade, o quartinho do bebê é um encanto, a família está em estado …

shutterstock_193027043

PSICOTERAPIA DE CASAL

A PSICOTERAPIA DE CASAL Há momentos de crise na vida do casal que não significam necessariamente o fim do amor e da admiração. …